Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.

June 28 2019

patriciamelo92

A Mulher Inteligente: Treze Segredos Dos Relacionamentos

A Mulher Inteligente: Treze Segredos Dos Relacionamentos


Em clima de início de ano não é muito extravagante que iniciemos uma bate papo sobre uma temática recorrente: Trata-se do ser estudante. E, especificamente do estudante universitário. O que vem a ser essa realidade tão argumentada e nem sempre entendida: o estudante? Vamos começar fazendo muitas ressalvas ao nosso tópico.



E começamos nos perguntando: devemos tratar do Ser Acadêmico ou do Ser Estudante? Nós nos acostumamos a expressar que aquela pessoa que ganhou o monstro do vestibular e matriculou-se numa universidade é acadêmico. Cursos E Formações Em Coaching! o que é isso que se convencionou como Acadêmico? Nas tuas origens gregas a frase se vincula a Platão que tinha uma faculdade denominada “Academia”, por se localizar num jardim dedicado ao herói “Academus”. Foi uma faculdade dinâmica tendo formado abundantes pensadores. Um dos mais famosos foi Terceirização Dos Recursos Humanos Poderá Valer A Pena17 Requisitos De Emprego Que Você Não Tem Ideia De Qual é O Significado de Platão havia uma placa: “Não entre se não for geômetra”.


Note que mesmo que fosse uma escola dinâmica, era, bem como, restritiva: restringia-se aos geômetras. Hoje em dia entendemos como acadêmico é aquele que está ou que é dá academia. E nesse lugar a coisa se complica: entre nós academia não tem uma conotação gostosa, elegante, jovial, inovadora. Dessa forma acadêmico e academia, entre nós tem um ar meio rançoso e elitizado.


  • Gödel, Escher, Bach: um Entrelaçamento de Gênios Brilhantes - Douglas Hofstadter
  • Meditar a respeito da relevância do relacionamento professor/aluno pro ensino aprendizagem
  • É ONDE SE Encontra AS CATARATAS DO NIÁGARA
  • Resistir com o estresse no serviço
  • Melhor por isso (1)
  • A INTELIGÊNCIA MUSICAL – CONTRIBUIÇÕES DE HOWARD GARDNER

Lembremo-nos da Academia Brasileira de Letras. Seus membros são até chamados de imortais. Porém nem sempre os melhores escritores são os participantes da Academia Brasileira de Letras. Em vista disso nos parece que em vez de acadêmico, aquele que se arrisca num curso em uma universidade poderia ser mais bem retratado como estudante. Outra vez, devemos nos socorrer com uma socorro do “Aurélio”.


Aí teremos a afirmação de que estudante é aquele que estuda. E o que é preparar-se? A lista do dicionário é gigantesco. No momento em que somos integrantes disso que chamamos de “curso superior” estamos num lugar em que um dos principais elementos é a Busca. Não é a toa que se fala do tripé da universidade: ensino, procura e extensão.


Sendo que a busca é o ponto de origem das sugestões a serem ensinadas pela sala de aula e a extensão um caminho pelo qual as inovações da procura são levadas à população. Mesmo desse modo, queremos expor que popularmente existem duas concepções a respeito do ser estudante. Há dois “enfoques”: um meio maledicente que vê o estudante como um ser meio moleirão, matreiro, Como Fazer Uma Crítica Construtiva De Um Amigo De Trabalho? . Um ser meio indefinido que está ai só por estar, aparentemente descomprometido com seu curso e com a existência e, pior ainda, descomprometido com as perguntas sócio-político-econômicas do povo, do estado, do município.


Don't be the product, buy the product!

Schweinderl